quinta-feira, 5 de outubro de 2017

Muito feliz na Corrida do Pirilampo Mágico!

A equipa 4 ao Km (Eberhard, Sandra e eu), bem reforçada na foto com os amigos João Branco, Isabel, Nuno e as duas estrelas do dia, Filipa e Tomás)

Estar com amigos é uma felicidade. Correr é uma felicidade. Sentir os frutos de tanto trabalho traduzidos numa grande marca, é uma felicidade. E quando tudo se conjuga como hoje de manhã, que mais se pode pedir?

2ª Corrida Pirilampo Mágico e minha 2º presença. Uma corrida dedicada a uma causa nobre o que reivindica a minha participação.

Um dia muito especial. A Sandra novamente de amarelinho! Difícil de explicar o que isso significa :)
Estou numa altura de distâncias maiores, portanto menos velocidade, mas no plano, e como é dia de semana, seriam 10 quilómetros. Mas vim com uma fisgada. Tentar se seria possível novo sub50. 

Como sabem, lutei 10 anos por conseguir baixar dos 50 aos 10 km, o que finalmente sucedeu em Dezembro passado no GP Natal com 48.42, a que se seguiu em Março na APAV 49.58 e no Santo António em Junho 48.19. Seria bonito uma 4ª vez mas consciente que desta a situação era mais complicada por não estar a treinar velocidade.

Com o apoio especial da filha, Joana, e do Miguel
Ora nestas coisas, não saberemos se não tentarmos. Aqueci bem e a táctica era impor um ritmo a pensar nos sub50. Se visse que era demais, era questão de levantar o pé do acelerador. 
O difícil é darmos tudo o que temos mas de maneira a não esgotar antes da meta. É um equilíbrio complicado.

Lá para o 2º km a avaliação estava feita. Sentia-me bem, logo... "continua João, acredita sempre!".
Partimos de Belém a Algés, retorno até Alcântara e regresso a Belém. Na fase Algés-Alcântara, havia uma ligeira brisa. Não afectava a corrida mas aliviava o calor que já apertava. O problema deu-se entre Alcântara e Belém pois sem a tal brisa comecei a aquecer demasiado. Mas havia uma linda cenoura à frente dos meus olhos. Tinha passado no retorno aos 7 km com um avanço de 13 segundos em relação ao sub50. Havia que manter. 

Focado!
Aos 8 sentia que já não dava para aumentar, apenas para manter o ritmo mas uma campainha tinlitava incessantemente num cantinho dos meus ouvidos. Dizia "sub50, sub50". E afinal dei por mim a conseguir apertar o ritmo. 

Quando avistei o pórtico da meta, o sucesso era já uma certeza. 49.24 de tempo de chip! Uma enorme alegria tomou-me de assalto. É bom quando sentimos que nos estamos a esforçar tanto e a ser tão recompensados!

YEAH!!!!!
10 anos é muito tempo. Mas foi o que necessitei para cumprir esse sonho, tantas vezes pareceu inalcançável. Agora, em pouco menos de 10 meses, e sem entretanto ter participado em muitas provas de 10, cheguei ao meu quarto sub50. 3ª melhor marca de sempre. 
Eufórico é neste momento o meu apelido. 

Espantado fiquei foi com a posição final. Ainda no ano passado salientava o facto pouco comum de andar a terminar na primeira metade do pelotão, Pois hoje foi no primeiro terço (123º entre 400 e 11º entre 27 no escalão). São posições que me deixam assim para o... estão a entender, não estão?

No final, fui entrevistado para a Rádio Nazaré. Pensava que seriam perguntas sobre corrida mas eram sobre a problemática das pessoas com deficiência, o que requereriam uma reflexão prévia. Apanhado assim de repente, com um microfone à frente do nariz e saber que estava em directo... deixou-me atrapalhado! :)

Agora é recuperar para no domingo percorrer os 21.097,5 da Meia-Maratona Ribeirinha da Moita. 
Uma curiosidade: A soma de todos os tempos que realizei em provas, é de 499 horas 27 minutos e 17 segundos. O que significa que aos 32 minutos e 43 segundos na Moita, chego às 500 horas em corrida (Sim, sim, eu sei. Tenho a panca da estatística, não é?)

Até lá, passem bem e sejam felizes! 




Até o Pirilampo é amarelo!

24 comentários:

  1. Ninguém te pára!
    Parabéns por mais uma excelente marca!

    Continuação de boas corridas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A meta parou-me :)

      Obrigado, beijinhos e força para as tuas corridas

      Excluir
  2. Grande João! Das coisas que mais gosto da corrida é aquela sensação de que o trabalho compensa. Eu já acho que nem é uma fase boa que estás a ultrapassar, mas passaste para um nivel diferente como corredor. Estes resultados são cada vez mais naturais, de certeza que sentes isso. Um prazer acompanhar a tua evolução nos ultimos 4 ou 5 anos, desde que descobri o teu blog. Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas simpáticas palavras, Filipe :)

      Dia 29 vemo-nos em Almeirim?

      Um abraço e boas corridas!

      Excluir
  3. Um dia muito especial marcado pelo meu regresso a esta equipa maravilhosa, e mais uma prova fabulosa que fizeste. Fruto de muito trabalho e empenho. Muitos parabéns amigo. És um orgulho enorme. Mereces todos estes resultados estrondosos que há tantos anos desejavas. Deixas-me muito feliz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado pelas tuas palavras! :)

      Beijinhos e força para as próximas

      Excluir
  4. Lembro-me bem de algumas "discussões" aqui neste cantinho, com muita gente (inclusive eu) a acreditar que conseguirias os tais sub-50 e tu sempre na negação :) ... ainda bem que estavas errado :) ... e muito ... olha lá onde já vão os 50min? Para um leigo, quase 2min parece pouco, mas para nós que andamoa "lá dentro" sabemos que não é nada disso, e qua a partir de determinado momento cada segundinho é algo maravilhoso ... é atingir o limite dos limites e tirar-lhe mais um bocadinho por mais pequenos que seja, colocar o limite num novo patamar. Continuo aqui sentadinho em primeira linha, refastelado de sorriso de orelha a orelha, com balde de pipocas na mão, a assistir feliz à "cavalgada" que iniciaste há alguns meses atrás ... um novo "João", que descobriu que afinal ainda há muito limite para ser batido. Consigo sentir o que sentes, pq tb eu passei pelo mesmo ... parece que de repente uma alavanca se destravou e ficamos imbatíveis ... aproveita bem essa motivação, essa viagem porque é espectacular. Eu estou a tentar voltar a saltar nessa carruagem, e parece que finalmente estou em condições para voltar a isso dentro de algum tempo - quem sabe mais para final do ano apanho esse comboio? :) ... muitos parabéns e sigaaa a camioneta, neste caso o foguete ;)
    Grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado por este texto, grande Carlos!

      Sobre a negação, era forma de defesa depois de tanto tempo a não conseguir (10 anos é mesmo muito tempo), mas nunca deixei de lutar :)

      Uma só correcção: a cavalgada não começou há meses atrás mas já vem de há ano e meio! Pois é, há ano e meio que ando a dizimar records e a passar para a 5ª dimensão :)

      Grande abraço e estou ansioso por tornar a ler relatos épicos do Perneta! Força!!!

      Excluir
    2. Ano e meio???? txiiii ... pois é ... fogueiras 2016 por exemplo, dois grandes voos nesse dia ;) ... o tempo passa a voar ... há que aproveitar :)

      Excluir
    3. Sim, aproveitar agora que em Dezembro haverá uma paragem forçada de pelo menos 2 meses...

      Excluir
  5. Sempre a somar :)
    E para a meia?? Qual é a marca a bater??

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom... o record da Meia está muito puxado, 1.52.38 feitos nos Descobrimentos 2016, e com o calor que se vai sentir, a Moita vai ser muito dura. Se fizesse abaixo das 2 horas, o que só consegui 7 vezes em 51 Meias, ficava muito feliz.

      Obrigado e beijinhos :)

      Excluir
  6. Lembro-me bem do tempo em que lutavas para baixar dos 50 min aos 10 km... E agora, é umas atrás das outras :) Simplesmente a comprovar que o trabalho dá sempre frutos! E somos mais fruto daquilo que fazemos do que do factor idade por exemplo. Beijinho João e continuação de bons treinos, e melhores provas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Ana! Sim, quanto mais treino, mais "sorte" tenho :)

      Beijinhos e boas corridas

      Excluir
  7. Dia bonito, grande causa, excelente tempo e mais uma etapa concluída (e sem sequelas, que são sempre um perigo quando se puxa um bocado mais). Ganda João!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Baptista!
      E hoje houve mais :)

      Um abraço e boas corridas

      Excluir
  8. Muitos parabéns, João! Grande prova e grande tempo :)

    ResponderExcluir
  9. Grande João!

    Não imaginas (ou imaginas certamente) como esta tua evolução é importante para iniciantes como eu, que lutam a cada dia por baixar uns segundinhos da sua extraordinária marca aos 10k de 1h e qualquer coisa ahahahah

    Adoro o entusiasmo com que falas das corridas. E, por incrível que pareça, dei por mim não a pensar "será que algum dia vou baixar dos 50?" mas sim "será que aguento ser persistente durante 10 anos?"

    Força João, vou passar à próxima rúbrica que certamente será mais uma excelente marca, estás imparável!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fabiana... continua com o mesmo prazer de corrida e as coisas virão naturalmente :)

      Beijinhos e força! Tens muito potencial :)

      Excluir
  10. Respostas
    1. Já agora podias pedir menos 1 segundo para dar 44.59...

      Excluir
    2. Sim, é muito fácil colocar metas nos outros :)

      Excluir